Procedimentos

metarreciclagem@yahoo.com.br

Conheça os procedimentos envolvidos na reciclagem de eletroeletrônicos, baseados no cumprimento do ciclo correto da Logística Reversa.


 DIVULGAÇÃO E CONSCIENTIZAÇÃO (PALESTRAS E DEBATES)

Divulgar na comunidade (empresas, escolas, condomínios, entidades de classe, associações, etc), através de palestras e debates, a importância da reciclagem, alertando sobre os riscos e danos causados pelo descarte incorreto do lixo eletrônico, bem como as alternativas ambientalmente corretas para estes resíduos, estimulando a prática da educação ambiental.


FORMAR PONTOS DE COLETA

Estabelecer parcerias com empresas, escolas, condomínios, etc, para a formação de pontos de coleta do lixo eletrônico  que, além de divulgar o nome da empresa, torna-o reconhecido pelo importante serviço prestado ao meio ambiente.


COLETA

Realizar periodicamente a coleta, com agendamento de locais e datas (rota), ou em postos de coleta (empresas, condomínios e demais centros), e transportá-los ao CEPARE (Centro Padrão de Reciclagem de Eletrônicos).


TRIAGEM E DESMONTE

Testar e desmontar cada equipamento, resultando em: 
  • Peças reaproveitáveis : Após testadas, encaminhadas para a montagem de equipamentos para a realização de trabalhos como oficinas de montagem e manutenção e envio para comunidades e entidades sociais utilizarem em suas tarefas diárias ou em programas de Inclusão Digital.
  • Peças destinadas ao artesanato : Separação das peças (não contaminantes e de difícil reciclagem) que serão utilizadas para as oficinas de artesanato com o lixo eletrônico.  
  • Peças recicláveis : Separadas por categoria para  envio às empresas de reciclagem e posterior transformação em matéria prima para fabricação de novos produtos.

OFICINAS E CURSOS

Como método de reaproveitamento das peças em funcionamento, promover oficinas e cursos de montagem e manutençao de computadores ou formar parcerias com escolas e entidades que ofereçam este tipo de serviço.

PROMOVER INCLUSÃO DIGITAL

Dos equipamentos recuperados, promover a Inclusão Digital, através de envio à entidades beneficentes para uso em cursos de informática, uso da internet para pesquisas ou na administração da instituição.


CONFECÇÃO DE ARTESANATO

Durante a descaracterização dos equipamentos, são encontradas peças interessantes, que podem oportunizar a confecção de artesanato com lixo eletrônico, através de convênios com escolas e outras entidades para realização de oficinas, fomentando o desenvolvimento da educação ambiental, sendo uma importante ferramenta de geração de renda.  




Caminhão do Lixo confeccionado com diversos componentes



Carrinhos de Mouse


Capas de Agendas e Cadernos com placas inutilizadas (sem ter recebido componentes e circuitos)



Quadros com capas de CPU



Pinturas em monitores LCD






Robo com Web Cam



Porta Trecos com Caixas de Som



Chaveiros com Dissipadores



Brincos com Leds



Porta Retratos com Disquetes

Lixeiras de quarto / Porta Livros com Base de Monitores






 PARTICIPAÇÃO EM EXPOSIÇÕES, FEIRAS E AMOSTRAS

Utilizar os artesanatos confeccionados com o lixo eletrônico para expor em eventos de sustentabilidade, com a finalidade de estimular o envolvimento da comunidade nos assuntos ambientais ou comercializar as peças criadas.


EQUIPAMENTOS DE DESCONTAMINAÇÃO
(Descontaminadora de Tubos CRT)

video


Instalar e utilizar os equipamentos necessários para descontaminação de tubos CRT, afim de cumprir corretamente os procedimentos ambientais.


DESCARACTERIZAÇÃO E SEPARAÇÃO DOS COMPONENTES

Descaracterização dos equipamentos e separação dos componentes gerados, pelo tipo de cada material, para posterior envio à empresas certificadas, que farão os próximos processamentos até que os mesmos se tornem novamente matéria-prima para novos equipamentos. 


COMPONENTES GERADOS
  


ENCAMINHAMENTO AMBIENTALMENTE CORRETO 

Enviar os resíduos gerados à empresas certificadas e receber laudos conclusivos do destino ambientalmente correto destes resíduos.


Consultoria
Implantação do projeto, adequando os procedimentos à operacionalização da Logística Reversa, nas atividades de:
  1. Divulgação e conscientização (Educação Ambiental).
  2. Criação de Postos de Coleta
  3. Adequação do espaço físico (leiaute).
  4. Coletas (individuais ou em postos de coleta).
  5. Triagem.
  6. Reutilização (Inclusão Digital ou Confecção de Metaprodutos).
  7. Armazenamento.
  8. Separação.
  9. Descontaminação (tubos CRT e lâmpadas fluorescentes).
  10. Destino ambientalmente correto (logística e facilitação do transporte e venda).
  11. Documentação ambiental.
  12. Elaboração de projetos para captação de recursos. 
  13. Implantação dos procedimentos de reciclagem do lixo eletrônico nas prefeituras.